Sabemos que fazer um currículo não é a coisa mais fácil do mundo, e algumas pessoas possuem muita dificuldade na hora de contar sobre si, principalmente quando estão em busca do primeiro emprego.

Aqui mostrarei brevemente alguns pontos que podem ajudá-lo: 1. quais são as vantagens que você tem ao preencher um currículo corretamente, 2. o que você deve fazer caso nunca tenha trabalhado, 3. o que você perde por não preencher seu currículo corretamente, 4. como preencher seu currículo e 5. como podemos te ajudar com isso.

Pronto para aumentar suas chances de contratação? Vamos lá!

 

O que ganho preenchendo meu currículo corretamente?

Ter um bom currículo apresenta várias vantagens, e você pode estar mais à frente de outros candidatos por incluir informações valiosas sobre você. Primeiramente, preenchendo o currículo com o que realmente importa, você mostrará tudo o que tem a oferecer para as empresas. Pode ser que na hora da entrevista dê aquela ansiedade e você esqueça o que havia planejado falar, e um currículo bem elaborado é a garantia de que você não deixará passar nenhuma informação importante.

  1. Você não corre o risco de gastar tempo fazendo entrevistas para vagas que você não quer exercer, seja porque não é da sua área, ou porque não correspondem às suas expectativas (isso é mais comum do que você imagina!);
  2. Você pode contar onde trabalhou, e por quanto tempo em cada lugar, o que talvez você não lembre em uma conversa ou entrevista;
  3. Você aumenta suas chances de ter uma entrevista agendada. E, consequentemente, uma possível contratação. Sabemos que sem um bom currículo será mais difícil.

 

O que posso fazer se não tenho experiências?

Não se desespere! Não é porque você não tem experiências profissionais que ninguém vai ler seu currículo. Capriche na inclusão de todos os seus cursos profissionalizantes, inclusive atividades extracurriculares que fez durante o período de estudo, e inclua todas as suas habilidades profissionais.

Fez algum intercâmbio? Viagens a estudos? Cursos técnicos? Inclua na sua Educação. Todos precisam de um primeiro emprego para poder ter experiência, e os recrutadores avaliam as outras características caso você esteja a busca do primeiro, então foque nelas!

 

O que perco se meu currículo estiver incompleto?

Honestamente, a resposta se resume a uma palavra: Oportunidades. Isso mesmo. Você pode deixar passar o emprego dos seus sonhos por esquecer de incluir dados importantes naquele papel que o recrutador lê.

Infelizmente, ele nunca adivinhará que você fez um curso de marketing extracurricular no seu período de faculdade se você não contar para ele.

Se seu currículo é para encontrar um emprego tudo a ver com você, porquê deixar de lado informações relevantes sobre sua carreira?

 

Ok, entendi que preciso de um bom currículo. E agora, o que devo fazer?

Agora vamos preencher seu currículo! Já tem um? Hora de revisar! A propósito, sempre o mantenha atualizado!

A dica é que você preencha seu currículo em tópicos.

 

Dados pessoais

Inclua seu nome, telefone, endereço, email e, se possuir, o link do seu perfil no LinkedIn. Não precisa CPF, nem RG. Caso o email que utiliza seja informal, crie um novo e inclua ele. angelinha_123@hotmail.com não é muito profissional para ser contratado.

Quanto a incluir foto ou não, pense bem se a vaga que você está buscando exige uma boa aparência. Também pense se você possui uma boa foto (não estou falando sobre selfies na balada, nem fotos 3×4 para identidade, uma boa foto é aquela que te apresenta como bom profissional). E por último pense na tinta da impressora. Imprimir uma foto colorida em preto e branco nem sempre fica bonito. Caso a resposta para tudo isso seja “sim” sinta-se à vontade para incluir sua foto.

 

Educação

Aqui você deve incluir o seu grau de educação, onde estudou, se fez faculdade, pós graduação, etc. Agora vem a melhor parte: a cada curso que fez, coloque os tópicos principais que foram abordados. Por exemplo, você fez um curso de vendas. Coloque:

Curso de vendas X (2016)

*Vendas no varejo;

*Televendas;

*Comunicação com o cliente.

Publicou um artigo na faculdade, ou apresentou algum trabalho em seminários? Faça o mesmo. Ah, e se você está a procura do primeiro emprego, essa é sua hora de mostrar o que aprendeu até hoje.

 

Experiências

Descrever onde você trabalhou inclui falar sobre o que você fazia dentro das outras empresas, então coloque isso – novamente em tópicos.

Tempos entre um emprego e outro ficam melhores quando justificados. Trabalhou de 2008 a 2010 em uma empresa, e só voltou a trabalhar de 2015 a 2017? Se seus 5 anos de ausência foram utilizados para um curso e aparecem no tópico Educação, tudo bem. Senão seria interessante justificar – não é preciso entrar em detalhes, fale o quanto se sentir confortável. Abriu seu negócio e não deu certo? Coloque que abriu uma empresa. Teve filhos e ficou cuidando? Isso é motivo de orgulho. Não tem problema passar um tempo sem trabalhar, apenas busque explicar brevemente o porquê não esteve em nenhuma empresa durante esse período.

O que você fez que marcou a empresa? Aumentou as vendas dela em 10% no período de um ano? Automatizou algum processo? É legal contar isso nessa etapa. Vamos supor que você trabalhou na empresa X como Auxiliar Administrativo.

Empresa X (2010-2015)

Auxiliar Administrativo

-Levantamento de documentos contábeis;

-Envio de documentos para a contabilidade;

-Responsável pela automatização dos processos de contas a pagar.

Se você procura o primeiro emprego, pule esta etapa e vá para habilidades. E coloque suas melhores habilidades.

 

Habilidades

Não confunda com características pessoais! Habilidades não dizem respeito sobre ser organizado, amigável, cooperativo, pontual. Isso são requisitos mínimos para as vagas, e as empresas vão te contratar esperando isso de você. Habilidades tratam-se do que você faz de melhor, por exemplo: vendas externas, marketing, desenvolvimento de sistemas, entre outros;

-Habilidades com idiomas: Sabe aquele inglês que você entende mais ou menos? Considera como nível básico? Coloque “inglês nível básico”. Ou já sabe bastante? Então recomendo “inglês nível avançado”. O mesmo serve para outros idiomas.

 

Expectativa de emprego

Com o que você quer trabalhar? Vale a pena contar.

 

Pronto! E a cada nova experiência, novo curso, nova publicação, ou qualquer coisa que você faça que acrescente mais valor ao seu perfil, revise seu currículo!

 

Ótimo! Mas você sabe como podemos te ajudar?

Criando seu currículo no Jobzi já o separamos em seções para você. E exatamente as seções de Educação, Experiências e Habilidades  que comentei com você. Tem como ficar melhor? Sim!

Sugerimos habilidades de acordo com os dados que você informa, então é difícil algo ficar para trás! Pontuamos você para que se candidate às melhores vagas para seu perfil – recomendo que preencha seu currículo corretamente, pois quanto mais completo, mais assertividade na sua pontuação (para saber mais sobre os Jobzi Points clique aqui). Ah, e você pode se candidatar a vagas ilimitadas, enviar mensagens às empresas que gostaram do seu perfil, e não paga absolutamente nada por isso. Vamos lá?

 

CRIAR MEU PERFIL NO JOBZI


Comments

0
There are no comments.