A maioria dos recrutadores analisa suas redes sociais pessoais antes de te entrevistar. Mais da metade leva em consideração o que você publica, antes de realizar contratações. Pode parecer estranho, mas é mais comum do que você imagina.

Agora, o que leva um recrutador a buscar suas redes sociais? Existem inúmeras respostas, e cada recrutador pode ter um motivo para conhecer o que você tem publicado. A razão mais comum é conhecer com quem estará conversando na entrevista.

Independente da razão, você precisa lembrar que uma vez publicado na internet, sempre estará na internet. Seja público ou privado, a internet guarda tudo.

Principalmente neste momento de eleições, não é raro ver comentários provocativos ou inapropriados a respeito de opiniões diferentes nas redes sociais. Não é errado mostrar seu posicionamento, mas manter uma boa postura é muito importante, seja buscando emprego, ou mesmo trabalhando.

 

Veja algumas dicas de como gerenciar suas redes sociais a seu favor

 

→ Pense duas vezes antes de publicar algo

Ofensas, discriminação, imagens inadequadas ou linguagem inapropriada podem interferir no seu emprego. Nada impede que você mostre o que pensa, desde que isso não ofenda outras pessoas. Recomenda-se que publicações de caráter muito pessoal sejam restritas aos amigos, mas não esqueça que mesmo assim o recrutador ou seu chefe podem ter acesso a elas.

 

→ Privacidade

Ao gerenciar sua privacidade, não fique totalmente escondido. Garanta que as informações públicas (e as restritas aos amigos) são adequadas a quem estará lendo.

 

→ Informações pessoais

Mantenha suas informações pessoais atualizadas, as suas redes sociais definem sua marca. Nada melhor do que personalizá-las de acordo com o que define você.

 

→ Marcações de amigos

Todos já tiveram aquela foto desnecessária publicada por um amigo. Garanta que ela não está sendo exibida no seu perfil. Ações como análise de publicações de amigos são medidas que garantem que nada será publicado no seu perfil sem passar pela sua aprovação.

 

→ Experiências de trabalho

Colocar em seu perfil onde você trabalhou, onde você trabalha, e o cargo que você desempenha, mostra que você se orgulha do que faz. É melhor ainda quando essas informações estão em sintonia com seu currículo.

 

→ Acompanhe seu setor

Siga pessoas importantes no seu setor. Compartilhe artigos que digam respeito ao que você gosta de trabalhar. Conecte-se a pessoas do seu ramo de atuação. Ações assim mostram real interesse em realizar seu trabalho.

 

→ Conecte-se à sua família

Quando falo família, é realmente família. Tios, tias, avós, pais, etc. Tendo toda sua família te observando nas redes sociais, fica mais fácil manter seu perfil mais profissional.

 

Questione-se: O que aparece quando você busca seu nome no Google? O que você pensaria se estivesse contratando alguém com esse perfil? Você enviaria essa postagem ou mostraria essa foto ao seu chefe?

 

E uma última pergunta: É possível receber demissão por justa causa ao publicar algum conteúdo, mesmo que privado, nas redes sociais? Sim. Em um artigo da G1 é apresentado que mostrar-se insatisfeito com a empresa, denegrir sua imagem, reclamar da organização, realizar postagens preconceituosas ou usar as redes sociais indevidamente durante o expediente podem resultar em demissão por justa causa. Leia o artigo publicado pela G1 na íntegra.

 

Sabemos que só existe uma pessoa que pode zelar por sua imagem: Você mesmo. Cuide bem das suas redes sociais e garanta que elas trabalhem a seu favor, e não contra você. Garanta que está sendo ético, assim as empresas verão seu perfil nas redes sociais como um ponto a considerar – positivamente! – para sua contratação.

 

Comece buscando por seu próximo trabalho agora mesmo no Jobzi.

 

Buscar vagas


Comments are closed.